Back

Circulo de Quintas

Como já vimos até aqui, cada escala musical tem o seu conjunto de acidentes musicais. Já vimos como encontrar escalas maiores ou menores através da sequência de tons e semitons, mas existe uma ferramenta poderosíssima nas mãos dos músicos para sabermos exatamente as notas de qualquer escala maior ou menor natural. Esta ferramenta chama-se círculo de quintas.

pack-piano
Pacote completo para aprenderes a tocar piano.

Círculo de quintas

O circulo de quintas mostra a relação entre as 12 notas da escala cromática, as armaduras de clave correspondentes a cada escala, e as escalas menores relativas das escalas maiores. De uma forma mais simples, o circulo de quintas é um diagrama que serve para encontrar as notas de qualquer escala, transpor músicas para diferentes tonalidades, compor e entender as armaduras de clave, escalas e modos. O diagrama, como o nome indica, consiste num círculo. Esse circulo tem à sua volta todas as 12 notas da escala cromática. Os números no circulo de quintas mostram quantos sustenidos ou bemóis existem na armadura de clave da escala dessa posição.

Circulo de Quintas

Se contarmos na direção do ponteiro do relógio sabemos os sustenidos que determinada escala maior contém, se contarmos na direção oposta sabemos os bemóis que determinada escala tem. O nome quinta deriva do facto de que a cada passo que damos no nosso “relógio” a nota é o quinto grau da nota anterior. Repare que começamos na nota Dó na posição zero. A nota seguinte é Sol, que corresponde ao quinto grau de Dó. Imaginemos que queremos saber as quais os sustenidos que existem na escala de Lá maior contem. Olhando para o circulo vemos que Lá está na posição 3 o que significa que a escala de Lá maior tem 3 sustenidos. Mas quais? A ordem em que os sustenidos aparecem é sempre igual, sendo essa ordem:

# Fá Dó Sol Ré Lá Mi Si

Mais uma vez esta ordem é uma sucessão de quintas. Dó é o quinto grau de Fá, Sol o quinto grau de Dó e assim sucessivamente. Então sabendo isto já podemos saber exatamente as três notas sustenidas da escala de Lá maior. Sendo que a escala tem 3 sustenidos então basta contarmos as três primeiras notas da ordem em cima:

Fá Dó Sol Ré Lá Mi Si.

Então utilizando o circulo de quintas sabemos que a escala de Lá maior tem as notas Lá Si Dó# Ré Mi Fá# Sol# Lá . Agora imaginemos que queremos saber as notas da escala de Fá maior. Só é possível ter até 7 sustenidos ou bemóis numa escala maior. Se olharmos para o circulo, e percorrendo o mesmo pela ordem dos ponteiros do relógio vemos que Fá está na 11ª posição, de forma que teremos de contar na direção contrária, o que automaticamente significa que a escala de Fá maior tem bemóis e não sustenidos. Sendo assim Fá está no número 1, isto quer dizer que a escala de Fá maior tem um bemol. A ordem pela qual os bemóis são colocados é a seguinte:

b Si Mi Lá Ré Sol Dó Fá

Podemos ver que agora começamos em Si, e todas as notas são o quarto grau da nota anterior, da mesma forma que se olhar para o circulo e andar na orientação contra-relógio, irá andar de quarta em quarta. Então continuando no exemplo de Fá maior, se temos um bemol este será:

Si Fá Mi Ré Sol Dó Fá

Então através do circulo de quintas sabemos que a escala de Fá maior tem as seguintes notas: Fá Sol Lá Síb Dó Ré Mi Fá. Então já sabemos como utilizar o circulo de quintas para saber os sustenidos ou bemóis de qualquer escala maior, mas onde entram as escala menores naturais no circulo de quintas?

Circulo de Quintas

Repare nesta imagem mais completa do circulo de quintas. Pode reparar que além das notas do lado de fora agora também tem notas na parte interior do circulo com um “m” indicando menor. Estas são as escalas menores naturais. O processo é exatamente o mesmo para saber os sustenidos ou bemóis das escalas menores naturais, a única diferença é que nas escalas menores naturais é o Lá que está na posição 0, isto significa que a escala de Dó maior e de Lá menor natural partilham a mesma armadura de clave, neste caso sem nenhum acidente musical.

A isto chamamos escalas relativas, no caso dizemos que a escala de Lá menor é a menor relativa de Dó maior. Ou a escala de Dó maior é a maior relativa de Lá menor, assim como Mi menor é a menor relativa de Sol maior, etc. Sendo assim basta saber as notas da escala maior e saber qual a menor relativa dessa escala para saber as notas de qualquer escala menor natural. Copie esta imagem e imprima, fique sempre com uma imagem do diagrama para poder aceder facilmente quando precisar.

Ricardo Frade

https://www.facebook.com/RicardoF.Guitarra/

Professor de guitarra e criador da Academiamusical.com.pt, Ricardo Frade é um apaixonado pela música e pretende incentivar o estudo da música em Portugal e Países Lusófonos.

O seu instrumento primário é a guitarra. O instrumento secundário é o piano. É aficionado por bandas sonoras instrumentais, área onde ambiciona atuar. Trabalha com ensino musical, produção musical e deseja conseguir contribuir para a dinamização do ensino da música em Portugal.

Deixa aqui um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

PACK NATALDurante o mês de Dezembro consegue todos os nossos Songbooks como prenda de natal.