fbpx

Potência, impedância e sensibilidade

Potência

Quando se olha para as características de uma coluna, muitas vezes não se percebe muito bem qual é a verdadeira potência suportada. Por exemplo:

Coluna x

Musical power – 500W
RMS peak power – 300W
RMS continuous power – 200

Para que servem estas potências todas? o parâmetro da potencia musical é muito subjetivo, e como tal deve ser ignorado. Normalmente só serve para um vendedor mais malandro tentar enganar alguém. O que conta é a potência RMS. Mas qual delas? A maioria das marcas apenas indica um valor RMS, no entanto, os utilizadores podem ficar na dúvida se esse será o valor máximo possível (qualquer valor acima desse danifica a coluna) ou se representa a potência que a coluna pode receber de uma forma contínua.

Para esclarecer esta dúvida, algumas marcas começaram a indicar a potencia RMS de pico (peak), e o valor de potência RMS em contínuo. Por exemplo, para a coluna acima indicada, a coluna pode funcionar sem problemas durante muito tempo a receber 200W de potência, e em determinados instantes (situações de pico, mas muito breves) pode ir até aos 300 W, desde que não seja uma situação constante.

Impedância

Qualquer componente elétrico oferece oposição à passagem de corrente, oposição essa que é designada por resistência e que é medida em OHM (Ω). No caso da corrente ser alternada, passa a existir um outro entrave adicional a que se dá o nome de reactância. À junção da resistência e da reactância, é dado o nome de impedância. Embora na maior parte dos casos não seja problemático, é importante verificar que a impedância das colunas é igual ou superior à impedância suportada pelo amplificador, caso contrário pode existir o risco de danificar ambos (amplificador e colunas). Em regra, as colunas apresentam valores de 8 ou 4 Ω, valores esses que normalmente são suportados pelos amplificadores.

Sensibilidade

Uma das características importantes de uma coluna é a sua sensibilidade. Este valor, medido em dB, indica a pressão sonora que a coluna produz a um metro de distância, quando recebe um sinal de 1 Watt. Quanto maior for este valor, maior é a pressão sonora que a coluna irá criar. Por exemplo, uma determinada coluna ligada a um amplificador de 100 W pode gerar a mesma pressão sonora que uma outra coluna ligada a um amplificador de 200 W. No entanto, a sensibilidade apenas considera a pressão sonora criada on-axis, ou seja, a pressão sonora criada na frente da coluna.

Ricardo Frade

https://www.facebook.com/RicardoF.Guitarra/

Professor de guitarra e criador da Academiamusical.com.pt, Ricardo Frade é um apaixonado pela música e pretende incentivar o estudo da música em Portugal e Países Lusófonos.

O seu instrumento primário é a guitarra. O instrumento secundário é o piano. É aficionado por bandas sonoras instrumentais, área onde ambiciona atuar. Trabalha com ensino musical, produção musical e deseja conseguir contribuir para a dinamização do ensino da música em Portugal.

Deixa aqui um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.