Back

Conhecer o teclado do piano

Quem já olhou para um teclado de um piano pode ter reparado que o mesmo tem um padrão de teclas brancas e pretas que se repete ao longo do piano. Estes padrões representam oitavas. Cada oitava no piano tem sete teclas brancas (Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá e Si) e cinco teclas pretas (Dó sustenido/Ré bemol, Ré sustenido/Mi bemol, Fá sustenido/Sol bemol, Sol sustenido/Lá bemol e Lá sustenido/Si bemol).

pack-piano
Pacote completo para aprenderes a tocar piano.
Duas oitavas têm precisamente as mesmas notas mas uma mais aguda que outra. Por exemplo, temos a nota Dó, se percorrermos as notas brancas, Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá, Si, chegamos novamente à nota Dó. A nota é a mesma mas num registo mais agudo quando estamos uma oitava a cima, ou seja é uma versão mais aguda de si mesma. Isto acontece com todas as notas.
Os pianos podem ter várias oitava, há pianos de cinco oitavas, seis oitavas, sete oitavas.

Então vamos ver uma imagem de uma oitava no piano para podermos então passar a explicar a sua construção:

Oitava do piano
Então como já dissemos no tutorial de escalas (pode ver aqui), o teclado do piano foi construído em torno da escala de Dó maior. Isto significa que as teclas brancas seguem o padrão Tom Tom Semitom Tom Tom Tom semitom, sendo as notas brancas as notas Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá, Si.

A distancia mais curta entre cada tecla representa um semitom, mesmo a distancia entre o Mi e o Fá, e o Si e o Dó, mesmo não havendo teclas pretas. Assim como as teclas pretas podem ter mais que um nome, algumas teclas brancas também o podem, mais precisamente aquelas que não têm teclas pretas entre si.

Estas teclas são o Mi, o Fá, o Si e o Dó. Como a distância entre o Mi e o Fá também é um semitom, podemos chamar a tecla branca do Mi, de Mi natural ou Fá bemol (descemos o Fá em um semitom), ou podemos chamar o tecla branca do Fá, de Fá natural ou Mi sustenido (Mi + um semitom). O mesmo acontecer com o Si e o Dó, o Si pode ser chamado de Si natural ou Dó bemol, e o Dó de Dó natural ou Si sustenido.

Isto é muito importante quando lemos pautas, porque cada linha ou espaço da pauta representa uma nota natural (Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá e Si). Então quando queremos mostrar uma nota com acidente (sustenido ou bemol, pode ver mais sobre acidentes aqui), colocamos o símbolo no espaço ou nota que queremos que aumente ou diminua um semitom. Se um Dó na pauta tiver um símbolo de bemol isto significa que tocamos um Dó bemol, ou seja a tecla branca de Si natural. O nome muda, mas a tecla e o som são precisamente os mesmos.

Uma coisa que se deve decorar de inicio: a distancia mínima entre uma tecla e outra é sempre um semitom, haja ou não uma tecla preta no meio de ambas.

Agora que já sabemos o que cada tecla do piano representa. Nos próximos tutoriais vamos aprender alguns exercícios de digitação no piano.

Ricardo Frade

https://www.facebook.com/RicardoF.Guitarra/

Professor de guitarra e criador da Academiamusical.com.pt, Ricardo Frade é um apaixonado pela música e pretende incentivar o estudo da música em Portugal e Países Lusófonos.

O seu instrumento primário é a guitarra. O instrumento secundário é o piano. É aficionado por bandas sonoras instrumentais, área onde ambiciona atuar. Trabalha com ensino musical, produção musical e deseja conseguir contribuir para a dinamização do ensino da música em Portugal.

Deixa aqui um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

PACK NATALDurante o mês de Dezembro consegue todos os nossos Songbooks como prenda de natal.