fbpx

MIDI

O MIDI (Musical Instrument Digital Interface) surge na primeira metade da década de oitenta do século XX como forma de interligação entre instrumentos musicais eletrónicos, mas rapidamente passa a ser usado como uma das principais formas de interligação de equipamentos de áudio ao nível do controlo e automação. A ideia inicial consistia na criação de uma forma de comunicação entre instrumentos musicais, ao nível de eventos, que tornasse possível pequenas coisas como aumentar o volume, alterar o tipo de som, ou tocar determinadas notas, ou seja, essencialmente, pretendia-se usar um instrumento musical para controlar outro.

O MIDI não transmite áudio, transmite apenas pequenas instruções que servem para controlar os diversos aparelhos. Mesmo na situação mais simples (como na figura em baixo, em que o teclado de um sintetizador é usado para tocar notas noutro sintetizador (neste caso um módulo de sons), o MIDI apenas transmite mensagens como: toca a nota Dó 4; liberta a nota Dó 4; toca o Ré 4, etc.

conexão midi

De cada vez que uma nota é tocada ou libertada, o teclado envia uma mensagem MIDI correspondente. Através do conjunto de todas essas mensagens, pode facilmente guardar-se a interpretação de alguém (neste caso um teclista), num ficheiro MIDI, interpretação essa que pode ser musicalmente editada, ao contrário do áudio. Numa sequência MIDI é muito fácil alterar ou apagar uma determinada nota, algo que em áudio é extremamente difícil ou até impossível sem afectar as restantes notas. Em qualquer altura podemos passar da sequência MIDI para áudio através de um sintetizador de som, que ao tocar diversas notas cria o áudio correspondente.

Ricardo Frade

https://www.facebook.com/RicardoF.Guitarra/

Professor de guitarra e criador da Academiamusical.com.pt, Ricardo Frade é um apaixonado pela música e pretende incentivar o estudo da música em Portugal e Países Lusófonos.

O seu instrumento primário é a guitarra. O instrumento secundário é o piano. É aficionado por bandas sonoras instrumentais, área onde ambiciona atuar. Trabalha com ensino musical, produção musical e deseja conseguir contribuir para a dinamização do ensino da música em Portugal.

Deixa aqui um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.