fbpx

Tutorial de reverb

Já todos ouvimos o efeito reverb na música. O efeito Reverb é simplesmente simular uma atmosfera física num som. No entanto isto pode ser feito fisicamente, se por exemplo gravasse numa igreja teria o reverb, no entanto era físico e não simulado. Usar o reverb é essencial na produção de uma música. Para conseguir por exemplo que um kit de bateria soe mais realístico terá de criar uma atmosfera para o som. O Reverb também é importante para adicionar profundidade à sua música, utilizando diferentes tipos de reverb pode adicionar diferentes profundidades à mistura. O reverb também é muito aplicado nas vozes, para adicionar um pouco de interesse.

Propriedades dos plug-ins de reverb:

Wet – Isto é a quantidade de efeito a ser aplicado.

Dry – Este é o som inicial antes de começar o efeito.

Room size (tamanho do quarto) – O room size deve ser ajustado de acordo com o Decay. Room size pequeno com Decay curto, e Room size grande com Decay longo.

Pre-delay – Este comando controla o tempo do delay (atraso) no reverb e deve ser ajustado de acordo com o room size. Menos pre-delay para room-size pequenos, mais para room size maiores.

Low cut – Corta os graves antes do reverb ser adicionado.

Hi cut – Corta os agudos antes de o reverb ser adicionado.

Diffusion – Torna o som de eco fechado de forma a parecer ruido azul, distorcendo o eco.

Decay – Controla o tempo de caída do reverb.

Dicas no uso do reverb

Usar bem o reverb definitivamente é uma arte, não há maneira certa ou errada de o fazer. Contudo não quererá criar uma música que pareça saída de um sino. Diferentes reverbs podem ser usados para cada instrumento ou para um grupo de instrumentos. Um para a bateria, um para as vozes e um para os outros instrumentos. Deverá ajustar o reverb para curto e brilhante na bateria e mais longo para as vocais. O reverb também pode ser utilizado para adicionar interesse a certas partes da música. Isto pode ser feito automatizando o efeito. Obviamente isto é feito por tentativa e erro.Quando aplica reverb na bateria, como no kick por exemplo, deverá cortar os graves no final do kick, com um low cut antes do efeito.

Ricardo Frade

https://www.facebook.com/RicardoF.Guitarra/

Professor de guitarra e criador da Academiamusical.com.pt, Ricardo Frade é um apaixonado pela música e pretende incentivar o estudo da música em Portugal e Países Lusófonos.

O seu instrumento primário é a guitarra. O instrumento secundário é o piano. É aficionado por bandas sonoras instrumentais, área onde ambiciona atuar. Trabalha com ensino musical, produção musical e deseja conseguir contribuir para a dinamização do ensino da música em Portugal.

Deixa aqui um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.