O que fazer se perder a motivação para praticar guitarra

12 Setembro, 2016 Guitarra 517 Visualizações

Se está a ler este artigo, existe uma grande probabilidade de estar a procurar motivação para praticar guitarra, ou já se debateu com este problema no passado. O assunto da motivação para praticar guitarra é altamente incompreendido pelos guitarristas. Alguns acreditam que a “motivação” é algo que podem obter fora de sim mesmos, da mesma forma que podemos aprender como fazer algo na guitarra. Como resultado, estes guitarristas procuram recursos específicos na esperança de “encontrar” a motivação para praticar guitarra. Outros pensam que os seus guitarristas favoritos eram excepcionalmente disciplinados e conseguiam forçar-se a si próprios a praticar diariamente, abdicando de passar tempo em outras actividades agradáveis na sua vida.

A verdade é que nenhuma das crenças anteriores é verdadeira. A motivação para treinar guitarra (ou para qualquer outra coisa na vida), só pode vir de dentro de nós. Ninguém lhe pode “dar” motivação suficiente para aguentar os anos de esforço e foco que necessita para ser um bom guitarrista. A maioria dos grandes músicos não possui um nível de disciplina fora do normal. Na verdade, todos os grandes guitarristas desenvolveram e mantiveram a sua motivação ao fazer (consciente ou inconscientemente) duas coisas:

  1. Manter a mente focada no objetivo de longo termo que se deseja conquistar ao praticar guitarra. Lembre-se que a única razão para praticarmos guitarra é porque estamos insatisfeitos com o nosso nível atual. Então, o nosso desejo para atingir o nosso objetivo no longo prazo deve ser forte o suficiente para conseguirmos obter a motivação que precisamos para praticar guitarra todos os dias (ou quase). Os seus objetivos são a fonte de energia que lhe darão essa motivação. Se os seus objetivos não são importantes o suficiente para criar esse desejo, então é uma boa ideia reavaliá-los.
  2. Fazer com que o seu treino seja mais inspirador. Um dos vários métodos para fazer isto é fazer qualquer exercício que seja o máximo parecido possível à música que quer aprender. É fácil ficar desmotivado ao praticar exercícios que não vemos onde possam ser aplicados num contexto musical.

Quando os dois pontos anteriores são seguidos, não existe limite na quantidade de motivação e inspiração que pode desenvolver dentro de si para atingir os seus objetivos.

Infelizmente, independentemente do quão motivado você se sinta para praticar guitarra na maioria dos dias, é inevitável que pode vezes o seu desejo para atingir objetivos a longo prazo seja ensombrado por objetivos de curto prazo e distrações. Você deve estar preparado para tais obstáculos para conseguir fazer progressos na guitarra de forma consistente.

Como restaurar a sua motivação para praticar guitarra

Se você normalmente costuma ter boa motivação para praticar mas repentinamente começou a sentir-se menos inspirado, a primeira coisa que deve fazer é ir ao fundo da questão e perceber o porquê de tal estar a acontecer. A verdade é que se você não se sente motivado para tocar guitarra, isto pode dar-se por uma ou mais das seguintes razões:

  1. Você está descontente com os resultados que obtém nas suas capacidades musicais e sente que o seu treino na guitarra não tem surtido nenhum efeito positivo;
  2. Você teve uma interrupção temporária na sua vida que faz com que seja difícil retomar o processo de praticar guitarra, ou os seus treinos começaram a ficar entediantes para si;
  3. Você decidiu que já não desfruta de tocar guitarra;

Se você se encontra em qualquer uma destas situações, existem coisas que pode fazer para reverter a situação:

Se perdeu a motivação para praticar guitarra devido a resultados pobres, a primeira coisa que deve fazer é examinar a forma como aborda o treino de guitarra e pensar em formas de o tornar mais eficaz. Se você teve uma interrupção temporária na sua vida ou se você sente-se aborrecido com o seu treino de guitarra, siga estes passos:

Altere a frequência para evitar o desgaste

Muitas vezes, tudo o que você precisa é de simplesmente fazer algo diferente do que já tenha feito. Por exemplo, se você passou bastante tempo a praticar técnica, priorize outras áreas por algum tempo como teoria musical, treino de ouvido, ou improviso. Você também pode focar-se em praticar alguma música que desejava aprender há muito tempo, uma peça que exija algum treino. Ao fazer isto você mantém os seu progresso na guitarra ao mesmo tempo que oferece à sua mente uma quebra na sua velha rotina. Esta abordagem muitas vezes ainda o leva a descobrir novas coisas que tem de praticar e que nunca tinha considerado.

Técnica dos 5 minutos

Nos dias em que não se sentir com vontade nenhuma de praticar guitarra, defina o objetivo de pegar na guitarra por apenas 5 minutos. Prometa a si mesmo que se não se sentir com vontade de tocar ou praticar por mais de 5 minutos, você guarda a guitarra por esse dia. Nove vezes em dez, os cinco minutos que definiu passam e quando dá por si já estará há 20 ou 30 minutos a praticar.

Por vezes “começar” a praticar é a parte mais difícil do processo. Podemos tornar este processo psicológico mais fácil ao prometermos a nós próprios que podemos parar ao fim de 5 minutos. No pior caso, pratica 5 minutos que é melhor que não pegar na guitarra o dia inteiro.

Além destas razões, alguns guitarristas dizem que não querem praticar porque já não sentem alegria ao tocar guitarra. Se isto lhe acontecer, pergunte-se a si mesmo esta simples pergunta: “O que seria necessário para me sentir novamente entusiasmado para tocar guitarra?“. Na maioria das vezes, a resposta irá ajudá-lo a ver que a verdadeira razão para perder a motivação para tocar praticar não é a perca do desejo de “tocar guitarra” mas mais uma das duas razões descritas anteriormente. Outra possibilidade é que já tenha atingido os seus objetivos e não sente essa vontade de praticar sem ter algum objetivo em mente. Neste caso, pense bem sobre o que gostaria de alcançar na guitarra se lhe concedessem um desejo. Desta forma pode descobrir que afinal você tem objetivos mas que por alguma razão acredita que nada do que faça o poderá levar a alcançá-los.

Como pode ver, não importa a razão que o levou a perder a motivação para praticar guitarra, é perfeitamente possível recuperar este sentimento e voltar a praticar com vontade. Aplique os conselhos deste artigo da próxima vez que enfrentar desafios e tornar-se-á mais fácil ver um progresso consistente na sua habilidade como guitarrista.

Sobre o autor

Artigos relacionados

0 Comentários

Ainda sem comentários

Podes ser o/a primeiro/a a comentar este post!