fbpx

Dedilhados (vídeo inc.)

A utilização dos dedos para tocar as cordas em vez da palheta chama-se “dedilhar”, e esta técnica abre um novo leque de possibilidades para tocar guitarra. Esta técnica é utilizada na guitarra clássica, no entanto também muitos guitarristas utilizam-na na guitarra elétrica, um grande exemplo disso é Robby Krieger, guitarrista do mítico grupo The Doors. Alguns guitarristas deixam as unhas crescer para tornar o som mais cheio mas isto não é obrigatório para aprender algumas técnicas.

Não existe uma regra restrita de como utilizar os dedilhados, mas em regra geral o seu polegar é utilizado para tocar as cordas 4, 5 e 6, o dedo indicador a corda três, o dedo médio a corda 2 e o dedo anelar a corda 1. Encontrará provavelmente algumas dificuldades com a sua coordenação, comece bem devagar, e só aumente a velocidade quando já conseguir tocar o padrão com fluidez.

[alert color=”red” icon=”fa-music”]Conheça o nosso Pack especial de guitarra. Curso iniciante + curso intermédio. Clique aqui.[/alert]

Dedilhado 1

Neste exemplo vamos utilizar o acorde de Mi menor. No entanto as cordas que iremos tocar só são as cordas soltas do acorde, por isso não precisa de se preocupar com a sua mão esquerda. Dica:Mantenha a sua mão relaxada e quieta para que todo o movimento ocorra nos dedos. O dedo toca na corda e relaxa de seguida de forma a que a mão quase não se mexe.
Dedilhado para violão
Dedilhado para violão Dedilhado para violão Dedilhado para violão
As primeiras notas são tocadas com o polegar (p) e com o dedo anelar (a). A segunda nota é tocada com o dedo médio (m). Mantenha o polegar próximo da sexta corda. Utilize o dedo indicador (i) para tocar a terceira corda. Mantenha os restantes dedos próximos das suas cordas.

Vídeo

Utilize o vídeo apenas como exemplo. Tente tocar o dedilhado a olhar para a tablatura assim desenvolverá a sua capacidade de ler tablaturas mais rápido. Se o vídeo estiver muito rápido comece com uma velocidade inferior até estar confortável.

Dedilhado 2

Desta vez vamos continuar com Mi menor, no entanto já teremos alguns baixos adicionais, o que significa que agora terá de manter a sua mão esquerda na posição de Mi menor. Repare que os baixos coincidem sempre com a batida seguida da nota Sol em todos os contra-tempos.
Dedilhado 2 para violão e guitarra
Dedilhado 2 para violão e guitarra Dedilhado 2 para violão e guitarra Dedilhado 2 para violão e guitarra
Assim como no exemplo 1 utilize o seu polegar (p) e o seu dedo anelar (a) para tocar as primeiras notas. Utilize o seu polegar e o seu indicador nas próximas notas simultâneas. Quando tocar o terceiro baixo (terceiro tempo) utilize o polegar na quarta corda e o seu dedo anelar na primeira corda.

Vídeo

Dedilhado 3

Neste caso as notas da melodia ocorrem principalmente nos contratempos.
Dedilhado 3 para violão e guitarra
Dedilhado 3 para violão e guitarra Dedilhado 3 para violão e guitarra Dedilhado 3 para violão e guitarra
Toque de novo com o seu polegar e dedo anelar as primeiras notas. A segunda nota é um baixo e é tocada com o seu polegar. Utilize o dedo indicador na terceira nota.

Vídeo

Ricardo Frade

https://www.facebook.com/RicardoF.Guitarra/

Professor de guitarra e criador da Academiamusical.com.pt, Ricardo Frade é um apaixonado pela música e pretende incentivar o estudo da música em Portugal e Países Lusófonos.

O seu instrumento primário é a guitarra. O instrumento secundário é o piano. É aficionado por bandas sonoras instrumentais, área onde ambiciona atuar. Trabalha com ensino musical, produção musical e deseja conseguir contribuir para a dinamização do ensino da música em Portugal.

Deixa aqui um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.