fbpx

3 Riffs fáceis para tocar na guitarra

O que é um riff? Em termos musicais um riff é um ostinato – uma frase musical curta, e repetitiva (normalmente com um máximo de dois compassos) que agarra a atenção do ouvinte e fá-lo entrar na música. Os riffs são os pilares do Rock, e nenhuma música decente de rock fica completa sem um riff. Alguns exemplos de riffs clássicos são: Deep Purple – Smoke on the water; Green day – American idiot; Nirvana – Smells like teen spirit; Rolling Stones – Satisfaction;

Os três seguintes riffs demonstrados são tocados na sexta corda. Há duas razões para isso: –Primeiro: riffs graves são normalmente mais eficazes que os riffs agudos; –Segundo, ao tocar o riff na sexta corda não há saltos difíceis envolvidos, logo estará a tocar facilmente.

[alert color=”red” icon=”fa-music”]Conheça o nosso Pack especial de guitarra. Curso iniciante + curso intermédio. Clique aqui.[/alert]

Uma vez que fique apto a tocar estes riffs, pode tocá-los com os seus amigos – um bom riff é um ponto de partida ideal para uma jam session.

Riff 1

Mantenha a sua mão na terceira posição (com o seu indicador na casa 3); o seu dedo anelar deverá ficar sobre a casa cinco.
Riff para guitarra
Riff para guitarra Riff para guitarra Riff para guitarra
Antes de começar a tocar assegure-se que tem a sua mão na terceira posição. As primeiras duas notas são tocadas com a sexta corda solta, mas mantenha a mão na posição sem apertar nenhuma casa. Pressione a terceira casa com o seu dedo indicador na terceira nota. Mantenha o dedo anelar sobre a casa cinco preparado para tocar a nota. Por fim toque no segundo compasso, a casa cinco com o seu dedo anelar e de novo a casa três com o seu dedo indicador.
Som do Riff a 80 bpm:

Som do Riff a 130 bpm:

Dica importante:

A melhor forma de aprender rápido é treinar devagar, e aumentar a velocidade lenta e gradualmente. Para melhores resultados habitue-se a utilizar sempre o metrónomo, começando num tempo confortável e só vá aumentando gradualmente, quando consegue tocar na perfeição a um tempo confortável – 60 bpm é um bom começo.

 

 

Riff 2

Repare na palhetada alternada neste exemplo. No segundo compasso, como a primeira nota contém uma ligadura, só é tocada a segunda nota. A primeira nota ,por causa da ligadura, torna-se uma extensão da última nota do primeiro compasso, fundem-se assim as durações de ambas as notas ligadas.
Riff para guitarra
Riff para guitarra Riff para guitarra Riff para guitarra
Este riff também se inicia com a mão na terceira posição. Toque a terceira casa com o seu dedo indicador. As três primeiras notas devem ser tocadas para baixo com a palheta. Use o terceiro dedo para tocar a quarta nota na casa cinco. Esta nota será tocada de baixo para cima com a palheta. Mantenha a mão na terceira posição ao voltar a tocar a corda solta no fim do riff.
Som do Riff a 80 bpm:

Som do Riff a 130 bpm:

Dica importante:O conteúdo rítmico de qualquer riff é tão importante como as notas tocadas. Assegure-se que consegue marcar o tempo e tocar as notas com o ritmo correto.

 

Riff 3:

Este também é um Riff na terceira posição, mas terá de mover o seu terceiro dedo até à casa oito para tocar o último par de notas no segundo compasso.
Riffs para guitarra
Riff para guitarra Riff para guitarra Riff para guitarra
Como anteriormente comece na posição três. Simplesmente utilize o seu dedo indicador para tocar as duas últimas notas do primeiro compasso.  No segundo compasso, enquanto toca as duas primeiras notas que são a corda solta, aproveite e mova a sua mão para a sexta posição (o seu indicador deve ficar sobre a casa 6) assim estará logo preparado para tocar as duas últimas notas.  Já com a sua mão na sexta posição, tudo o que precisa de fazer é tocar as duas últimas notas apertando a oitava casa com o seu dedo anelar. Todas as notas neste riff são tocadas com a palhetada para baixo.
Som do Riff a 80 bpm:

Som do Riff a 130 bpm:

Pratique cada um destes riffs com muita calma, e lembre-se que só começando mesmo devagar será possível tocar a velocidades maiores. Siga os exemplos em áudio para entender na sua mente como devem soar os riffs.

Ricardo Frade

https://www.facebook.com/RicardoF.Guitarra/

Professor de guitarra e criador da Academiamusical.com.pt, Ricardo Frade é um apaixonado pela música e pretende incentivar o estudo da música em Portugal e Países Lusófonos.

O seu instrumento primário é a guitarra. O instrumento secundário é o piano. É aficionado por bandas sonoras instrumentais, área onde ambiciona atuar. Trabalha com ensino musical, produção musical e deseja conseguir contribuir para a dinamização do ensino da música em Portugal.

Deixa aqui um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.