fbpx

11 dicas para se manter focado treinando guitarra

Muitos guitarristas tendem a praticar menos ou até mesmo a deixar de praticar à medida que vão envelhecendo e ganhando mais responsabilidades na vida. Eles continuam a tocar guitarra (o que já sabem) mas desistem de treinar para melhorar. É uma grande diferença. Isto é uma pena porque existem tantas coisas ótimas para aprender que tantos guitarristas nem se apercebem.

[alert color=”red” icon=”fa-music”]Conheça o nosso Pack especial de guitarra. Curso iniciante + curso intermédio. Clique aqui.[/alert]

Alem de abrir a sua forma de pensar, aprender coisas novas irá renovar a sua abordagem à guitarra adicionando conhecimento valioso, desenvolvendo novas técnicas e expandir o seu vocabulário de músico. Todos os guitarristas em algum ponto da sua vida vão ter algumas dificuldades em manter uma rotina de treino regular. A guitarra é uma grande parte de alegria na vida mas não é a única parte.

Além do trabalho e das obrigações da vida diária, pessoalmente gosto também de passar tempo nos meus outros hobbies, no ginásio, na leitura, na meditação, num bom filme, com os meus amigos e etc. Apesar destas coisas terem uma grande importância, o meu treino de guitarra não pode ficar afetado por elas. Para manter um lugar seguro na sua prática de guitarra veja alguns conselhos em baixo.

Desligue-se
Quando praticar, utilize livros em papel. Desligue o seu computador para evitar a distração da internet. Se precisar de imprimir alguma coisa, faça-o antes de treinar.

Estabeleça limites
Estabeleça limites no seu treino. Por exemplo, 5 minutos de aquecimentos, 10 minutos de acordes, 10 minutos de escalas, 30 minutos a transcrever, improvisar, etc… Nós tendemos a procrastinar ou a ficar distraídos se não estabelecermos limites. Estabelecer limites irá aumentar a sua produtividade e poupar o seu tempo.

Planeie com antecedência
Planeie o seu treino pelo menos no dia anterior. O indicado seria planear o seu treino para a semana inteira pelo menos, escreva num papel o que quer alcançar e como lá deve chegar.

Fique em privado
Cuidado com telemóveis, e com pessoas que o possam incomodar. Se vive com alguém diga que precisa de ficar uma hora sem ser incomodado enquanto treina.

Crie um hábito
No inicio terá de se forçar a treinar todos os dias. Com o passar do tempo isto torna-se quase automático e será para si um prazer!

Crie um ambiente musical
Assegure-se que o espaço onde você treina é confortável e transpira musicalidade. Decore o seu quarto com posters de bandas, guitarras, amplificadores, etc.

Faça pausas
Faça pequenas pausas regulares. Estabeleça um tempo. Por exemplo a cada 10 ou 15 minutos descanse 2 ou 3. Levante-se, beba uma água, vá à janela e olhe a paisagem, respire ar puro e volte a treinar. Atenção, a pausa é apenas para renovar o foco, não vá fazer outra atividade durante a pausa.

Trabalhe o seu interior
Leia bons livros motivacionais, crie bons hábitos de valor interior. Valorize-se, tome conta de si, apaixone-se por si, sinta-se bem. Não se esqueça que você é único e que você faz falta neste mundo! Expanda o seu conhecimento e sabedoria.

Pratique o que tem de ser praticado
Sempre que for treinar não treine muito o que já sabe, passe a maior parte do tempo a treinar aquilo que ainda não domina.

Boa companhia
Envolva-se com boas pessoas, crie amizades inspiradoras, se possível conheça outros músicos, troque ideias, divirta-se com os seus amigos.

Volte aos trilhos
Não se massacre quando procrastinar, ou quando ficou preguiçoso. Você é humano e isso vai acontecer. Desculpe-se a si próprio e volte de novo ao treino, mesmo que tenha ficado meses sem treinar.

Ricardo Frade

https://www.facebook.com/RicardoF.Guitarra/

Professor de guitarra e criador da Academiamusical.com.pt, Ricardo Frade é um apaixonado pela música e pretende incentivar o estudo da música em Portugal e Países Lusófonos.

O seu instrumento primário é a guitarra. O instrumento secundário é o piano. É aficionado por bandas sonoras instrumentais, área onde ambiciona atuar. Trabalha com ensino musical, produção musical e deseja conseguir contribuir para a dinamização do ensino da música em Portugal.

Deixa aqui um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.