fbpx

5 Progressões de acordes para a sua ponte (Bridge)

A ponte de uma música, supostamente, é a secção que pega na energia criada no verso e refrão e aumenta-a. Existem algumas coisas que nos ajudam a aumentar essa energia, mas que tipo de progressão de acordes utilizar para aumentar a energia? Depende da progressão do refrão. A ponte existe principalmente para dar ao ouvinte a oportunidade de se desviarem do verso e refrão. O formato padrão de uma música que utiliza ponte é:

Verso – Refrão – Verso – Refrão – Ponte – Refrão – Refrão

Mas uma ponte tem de ser mais do que uma simples melodia nova. Como esta tem de aumentar a energia, a ponte deve também fazer mais algumas coisas. Em primeiro lugar, as ideias melódicas devem ser mais curtas que as ideias do verso e refrão. Enquanto as melodias do verso e refrão tendem a ser frases de 4 ou oito compassos, as pontes devem ser de 1 ou 2 compassos, com letras que variem entre o estilo narrativo (como no verso) e emocional (refrão).

Em segundo lugar, a progressão de acordes tem de oferecer algo diferente do que já foi oferecido antes. Mas tem de aumentar a energia. Então que progressão funciona para uma ponte? Quando tiver dúvidas, as pontes de músicas em tom maior funcionam bem se começarem com um acorde menor, e é bastante comum utilizar o acorde vi. Aqui vai um exemplo:

Refrão: C Bb F G C (4 batidas nos acordes de C e Bb, 2 batidas para cada acorde de F e G, e 4 batidas no acorde de C final)

Ponte: Am F G Am Bb F Gsus G

Como pode ver, qualquer progressão que escolha, esta deve dar ao ouvinte a necessidade de ouvir o refrão. Para conseguir isso, terminamos a progressão no acorde dominante (Acorde V). Os acordes dominantes são resolvidos movendo-se para o acorde I, que é o primeiro acorde do nosso exemplo no refrão.

Aqui estão mais duas progressões de acordes que funcionam na ponte, assumindo que o seu refrão com uma progressão de acordes que comece e termine no acorde I.

1. Am Em F C Am Dm F G

2. Am Dm Am Dm F C/E F G

E se a sua música estiver numa tonalidade menor? As pontes para músicas em tonalidades menores funcionam bem utilizando vários acordes maiores. Então se a sua música estiver em Dó menor, e o seu refrão começar e terminar no acorde de Cm, pode experimentar:

1. Fm Ab Eb Ab Fm Ab Bb (4 batidas cada e 8 para o último acorde)

2. Bb Gm Eb Ab Bb Eb Fm Gsus G (4 batidas cada, com Gsus e G com duas batidas cada)

A sua ponte irá criar a energia necessária para concluir com o acorde dominante porque os acordes dominantes resolvem-se no acorde I. Como todas as decisões na música, deixe que os seus ouvidos sejam os seus júris.

[wpep id=”9134″]

Ricardo Frade

https://www.facebook.com/RicardoF.Guitarra/

Professor de guitarra e criador da Academiamusical.com.pt, Ricardo Frade é um apaixonado pela música e pretende incentivar o estudo da música em Portugal e Países Lusófonos.

O seu instrumento primário é a guitarra. O instrumento secundário é o piano. É aficionado por bandas sonoras instrumentais, área onde ambiciona atuar. Trabalha com ensino musical, produção musical e deseja conseguir contribuir para a dinamização do ensino da música em Portugal.

Deixa aqui um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.