fbpx

As notas musicais

pack-piano
Pacote completo para aprenderes a tocar piano.

Quase todo o mundo já se deparou com as figuras das notas musicais. No entanto muitos não sabem o que as figuras das notas musicais representam e a ideia geral é que é algo muito complexo. Na verdade perceber as notas musicais é algo muito fácil e extremamente útil. É essencial para interpretar uma música na pauta musical. As figuras das notas musicais mais são que a representação da duração de cada nota tocada. Comecemos por apresentá-las:

Se queres aprender como ler partituras vê o nosso artigo completo: Como ler partituras.

Notas musicais
Antes de explicarmos a duração de cada nota musical, vamos perceber um pouco de ritmo e compassos. Um compasso é uma forma de dividirmos o ritmo de uma música em partes. Dentro de cada compasso podemos ter várias batidas. A fórmula de compasso mais comum é a compasso 4/4 (quatro por quatro), onde fazemos a contagem: um dois três quatro | um dois três quatro. Cada quatro batidas representam um compasso. A quantidade de batidas dentro de um compasso é determinada pela fórmula de compasso.

Então voltando às notas musicais, estas podem ser constituídas por três componentes: a cabeça, a haste, e a bandeira. A semibreve tem só a cabeça. A partir daí todas as notas musicais têm haste, e só a partir da colcheia é que temos notas musicais com bandeirola. Agora baseando-nos no tempo 4/4 e utilizando a imagem em cima como apoio vamos ver o valor de cada nota

Não Percas: Como Tocar Piano

Duração das notas musicais

Semibreve

Esta é a nota musical mais longa, tem a duração de um compasso inteiro. Se o compasso tem quatro batidas e tivermos uma semibreve, então seguramos a nota durante as quatro batidas. As letras maiúsculas indicam quando devemos tocar a nota e seguramo-la durante as batidas a que correspondem:

um dois três quatro

Então tocamos a semibreve na primeira batida e seguramo-la durante todo o compasso, ou seja seguramos a nota durante quatro batidas.

Mínima

A mínima dura metade da semibreve. Neste compasso então cada nota mínima durará duas batidas. Então caberão duas mínimas num compasso. Tocamos a mínima e seguramo-la por duas batidas:

um dois três quatro

Semínima

Então seguindo a lógica percebemos que uma semínima dura metade da mínima, e num compasso 4/4 caberiam quatro semínimas num compasso, tendo cada uma a duração de uma batida:

um dois três quatro

Colcheia

As colcheias têm metade da duração da semínima, ou seja meia batida num compasso 4/4, o que significa que cada batida divide-se em duas colcheias. Assim num compasso cabem oito colcheias. Para nos ajudar a tocar as colcheias colocamos um “e” entre a contagem das batidas, assim o “e” funciona como metade da batida anterior. Tocamos tanto os números quanto os “e”.

um e dois e três e quatro e

A última nota que vamos apresentar é a semicolcheia, além de termos ainda a fusa e também a semifusa, mas para já estas são as principais.

Semicolcheia

A semicolcheia tem metade da duração da colcheia, ou seja num compasso 4/4 cabem 16 semicolcheias, 4 notas por batida. Aqui usamos um pequeno truque para nos ajudar a manter a consistência enquanto tocamos, adicionamos mais duas letras e tocamos nessas letras também, dividindo assim cada batida em quatro.

um e a e dois e a e três e a e quatro e a e

As notas musicais com bandeirola podem ser ligadas apenas para organizar a pauta, mas o seu valor continua o mesmo. Temos dois exemplos, de colcheias e semicolcheias, dependendo do número de bandeirolas o número de ligações também aumenta:

Notas musicais
Então de uma forma simples tens a explicação das notas musicais. Esperemos que agora quando olhares para uma partitura já saibas a duração de cada nota.

Conhece o nosso e-book e aprende a ler partituras – Clica aqui.

Ricardo Frade

https://www.facebook.com/RicardoF.Guitarra/

Professor de guitarra e criador da Academiamusical.com.pt, Ricardo Frade é um apaixonado pela música e pretende incentivar o estudo da música em Portugal e Países Lusófonos.

O seu instrumento primário é a guitarra. O instrumento secundário é o piano. É aficionado por bandas sonoras instrumentais, área onde ambiciona atuar. Trabalha com ensino musical, produção musical e deseja conseguir contribuir para a dinamização do ensino da música em Portugal.

Deixa aqui um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.