fbpx

Steve Vai: "Tocar Como Kurt Cobain Não é Tão Fácil"

Segundo Steve Vai, Kurt Cobain pode ter sido tão bom guitarrista como aqueles considerados os mais virtuosos do instrumento. Num vídeo gravado pela marca Ernie Ball, o músico falou da sua história com a guitarra e sobre algumas das suas influências. Além disto, destacou que o falecido líder da banda Nirvana, assim como Billie Joe Armstrong dos Green Day, são instrumentistas que por mais que toquem “simples” conseguem ser perfeitamente eficazes.

[blockquote author=”” style=”1″]Tentem tocar como Kurt Cobain, não é assim tão fácil. Ou como Billie Joe Armstrong. Desafiou Steve Vai.[/blockquote]

Steve Vai deu um exemplo desatacando que na música, como em qualquer outra coisa, existem várias formas de trabalhar que podem coexistir: “Para alguém como Allan Holdsworth, a sua necessidade de trabalhar certa técnica para passar a sua mensagem é diferente da de Kurt Cobain. Ambos são válidos porque ambos são indivíduos que têm mensagens particulares. Então, existe o lado técnico que para um guitarrista pode levar anos a desenvolver, mas a certa altura tens de ir mais fundo que a técnica. Tens de entrar em contacto com os teus instintos musicais.”

Outro ponto de Steve Vai: “Todos dizem quem Kurt Cobain não era um grande guitarrista. Bom, se era um guitarrista virtuoso? Podemos argumentar que não. Mas não era eficaz?”

Por fim: “Viram-no tocar? Era intenso em cada nota e cada acorde. Isso é difícil de conseguir”.

Fonte: Bluefm

Ricardo Frade

https://www.facebook.com/RicardoF.Guitarra/

Professor de guitarra e criador da Academiamusical.com.pt, Ricardo Frade é um apaixonado pela música e pretende incentivar o estudo da música em Portugal e Países Lusófonos.

O seu instrumento primário é a guitarra. O instrumento secundário é o piano. É aficionado por bandas sonoras instrumentais, área onde ambiciona atuar. Trabalha com ensino musical, produção musical e deseja conseguir contribuir para a dinamização do ensino da música em Portugal.

Deixa aqui um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.